quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Lutar ou Fugir

A resposta "lutar ou fugir" é uma reação instintiva acionada quando uma pessoa enfrenta perigo. Vem uma explosão de adrenalina enquanto o coração bate mais rápido, capacitando a pessoa a ficar firme e lutar ou a virar as costas e correr. Independente da decisão instantânea, seja lutar ou fugir, o resultado desejado é a sobrevivência.

Esta reação é dada para a nossa segurança física. E como fica a segurança espiritual? Através da Bíblia, Deus mostra ocasiões em que se deve ficar firme e lutar, e outras situações em que se deve sair correndo o mais rápido possível.

A luta. Paulo disse para Timóteo: "Combate o bom combate da fé" (1 Timóteo 6:12; 1:18). A batalha de Paulo, porém, não foi com espadas e lanças. Ele lutou contra "muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição" (1 Timóteo 6:9). Esta é uma batalha mental e espiritual. A chave para vencer esta guerra é controlar todos os desejos, pensamentos e atos.

estudosgospel.com.br

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

O novo desafio de Marina

A pouco mais de um ano das eleições presidenciais, os principais partidos e pré-candidatos à sucessão da presidenta Dilma Rousseff já começam a movimentar as peças no tabuleiro político. Nas próximas semanas, será a vez da ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente do governo Lula, Marina Silva, entrar definitivamente no jogo eleitoral. Terceiro lugar na disputa de 2010 com quase 20% de votos, Marina estava reclusa desde o rompimento com o Partido Verde, há dois anos. Agora, pressionada pelo projeto político de concorrer ao Planalto em 2014 e pelo calendário eleitoral, que obriga os candidatos no próximo pleito a se filiarem a alguma agremiação partidária até um ano antes das eleições, Marina abraçou o pragmatismo e decidiu correr para fundar sua própria legenda.

A ex-senadora marcará oficialmente sua volta à cena política no dia 7 de fevereiro, em Brasília, quando, ao lado dos militantes do Movimento Social Nova Política, fará a primeira reunião para decidir sobre os rumos da sigla a ser criada – o 31º partido brasileiro. “Não poderia me omitir diante do legado consistente que temos e que está propondo algo que, se não é um novo caminho, pelo menos é uma nova maneira de caminhar na política”, justifica Marina. “É preciso pensar a política para enfrentar a crise civilizatória que o mundo está vivendo”, filosofa ela.

Antes, porém, Marina precisará enfrentar um princípio de crise no próprio grupo destinado a discutir a nova legenda. É que entre eles há os que trabalham contra a criação do partido. São os internamente chamados de “sonháticos”. No que depender dessa corrente do Movimento Social Nova Política, o grupo deveria apenas debater e apresentar propostas alternativas para o País, sem enveredar pela fundação de mais uma sigla. Do outro lado da trincheira estão os pragmáticos, onde se encontra Marina e aliados. “Essa polêmica será resolvida em Brasília. E, com certeza, será aprovado o surgimento do partido”, avalia Ricardo Young, atualmente vereador do PPS na capital paulista. O único consenso até agora é o foco na sustentabilidade.

Da Revista Istoé

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Eddie Murphy dividirá programa com Xuxa nas manhãs da Globo

Após o recente fracasso de audiência na renovação de sua programação matinal, a Rede Globo já está preparando mais mudanças radicais. A vexatória derrota no Ibope para a exibição de desenhos animados em outras emissoras fez a maior rede de tevê do país empreender uma mobilização maciça de sua equipe de analistas com o fim de resgatar a aura infantil em sua grade. “Nós nos debruçamos durante semanas sobre os dados da audiência das últimas décadas. Queríamos encontrar uma atração que pudesse ser repetitiva sem ser monótona, além de, claro, atrair telespectadores”, disse o diretor de resgate de audiência, Eduardo Faulkner. A pesquisa revelou uma excêntrica fidelidade do público em relação a duas personalidades cuja aparições excessivas já deveriam tê-lo saturado. “O resultado é um novo programa estrelado por Eddie Murphy e Xuxa”, revelou Faulkner. O nome mais cogitado para a atração seria “Alopra Xou”, no qual Murphy deverá encarnar diversas personagens, como os consagrados Dr. Doolittle e Professor Aloprado, e contará com a voz de Mário Jorge Andrade, seu dublador oficial. Detalhes sobre a atuação de Xuxa ainda não foram revelados, mas está quase certo de que retomará a abertura clássica de seus programas chegando em uma nave espacial envolta por fumaça de gelo seco.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NA PESSOA DE JESUS

 * O Espírito Santo renovou e vivificou, através dos séculos, a promessa de Deus de enviar o Messias (cf. Gn 3.15; 1 Pe 1.9-11).
 * O Espírito Santo operou ativamente na encarnação de Jesus (cf. Lc 1.35; Mt 1.20). 
 * O Espírito Santo guardou, por meio de uma divina revelação, a vida de Jesus quando Herodes queria matá-lo (cf. Mt 2.12). 
 * O Espírito Santo revelou a Simeão que Jesus era o Messias (cf. Lc 2.25-29). 
 * O Espírito Santo revestiu Jesus com poder para que exercesse o seu ministério (cf. Lc 3.22), selando-o (cf. Jo 6.27) e ungindo-o (cf. Lc 4.18). Guiando-o (cf. Lc 4.14) e operou maravilhas e sinais por meio dele (cf. Lc 5.17; 6.19; Mt 12.28). 
 * O Espírito Santo operou na vida de Jesus uma renúncia total (cf. Hb 9.14), dando-lhe força para, voluntariamente, se oferecer em sacrifício (cf. Ef 5.2). 
 * O Espírito Santo operou na ressurreição e ascensão de Jesus (cf. Rm 8.11; Ef 1.20). 


A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO MUNDO 
Falando de pecado, justiça e juízo 


E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo.
João 16:8 

PECADO
(Verso 9). Do pecado, porque não crêem em mim;. (literalmente errar o alvo). Pois o alvo da fé de todo homem deve ser Cristo Jesus e o cego (pecador) não enxerga a Jesus como o sacrifício perfeito que leva à redenção. O Espírito Santo fará com que o homem seja convencido dessa verdade. 
JUSTIÇA (o que é direito) Certo Gr. Dikaiosis. 
(verso 10). Da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; Ele falava de sua morte. Lendo Isaías 53:5 podemos entender que um preço mais do que justo seria pago, trazendo justiça sobre os homens. Leia Romanos 5:12 
JUIZO (A pena infligida) Condenação 
(verso 11). E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado. 
Quando aqueles que crucificaram Jesus viram que Deus não interferiu, imaginaram que o juízo de Deus fora pronunciado sobre Ele. Na verdade, outro estava sendo julgado ali, o próprio Satanás, o príncipe deste mundo. Satanás governa através do pecado e morte. O triunfo de Cristo sobre o pecado na cruz e sobre a morte na Ressurreição proclamou o momento em que Satanás fora julgado. A execução final do julgamento é apenas uma questão de tempo (ordem de prisão). 

O DISCÍPULOS ENTENDERAM? Não
Estas verdades foram entendidas imperfeitamente pelos discípulos, por isso, um maior esclarecimento lhes seria dado pelo ensino do próprio Consolador. Ele havia de guiá-los a toda a verdade (13).O Espírito não fala de si mesmo (cf. 5.19; 7.17 e segs.). Ele proclama e interpreta a significação de atos e acontecimentos que constituem a revelação final aos homens. Ele ensina na prática! 


Esta é parte da grande obra do Espírito Santo

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

O Novo Salário Mínimo


Desde o dia primeiro de janeiro está em vigor o novo salário mínimo, com um aumento de 9%. Sendo assim, ele passa de R$ 622 para R$ 678. O reajuste foi anunciado pelo governo na semana passada.

O valor do salário mínimo é calculado com base no percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do ano retrasado mais a reposição da inflação do ano anterior pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Em 2011, a variação do PIB foi de 2,73%, e a inflação de 2012 medida pelo INPC, de 6,1%.

O Orçamento de 2013 – ainda não aprovado pelo Congresso – previa alta do mínimo para R$ 674,96. A proposta original do governo era de aumento de R$ 622 para R$ 670,95, mas o cálculo da inflação foi reajustado, e isso elevou o valor.


Fonte: G1

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Ainda Que A Figueira Não Floresça

"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na
vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os
campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da
malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;
Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da
minha salvação" (Habacuque 3:17, 18).

No terceiro século, Cipriano, o Bispo de Cartago, escreveu
para seu amigo Donato: "O mundo é ruim, Donato, o mundo é
incrivelmente ruim. Mas, eu descobri, no meio dele, pessoas
boas e tranquilas que aprenderam o grande segredo de viver.
Eles encontraram alegria e sabedoria que torna a vida deles
mil vezes melhor que quaisquer dos prazeres de nossa vida
pecadora. Eles são menosprezados e perseguidos, mas eles não
se importam. Eles são senhores de suas almas. Eles venceram
o mundo. Estas pessoas, Donato, são os cristãos... e eu sou
um deles."

Cipriano tinha, como nós, prazer em dizer que era um
cristão. Ele descobriu em Cristo a bênção de uma vida cheia
de regozijo e felicidade. Mesmo que o mundo seja ruim, mesmo
que seja cheio de enganos e mentiras, mesmo que ele não
tenha nada de bom a oferecer, o cristão vive de maneira
tranquila, confiante que o fato de trazer Cristo no coração
fará toda a diferença e a sua alegria será total.

A vida do cristão é, verdadeiramente, muito melhor do que a
daqueles que caminham longe de Deus. Ele tem a proteção do
Senhor, tem os cuidados amorosos do Salvador, tem as
promessas de vitórias e sonhos realizados, tem a certeza de
que a morte não será o final de tudo, mas, o começo de uma
nova vida, eterna, nas moradas celestiais.

Em Cristo nos tornamos filhos de Deus e herdeiros de Seu
reino. Em Cristo somos novas criaturas, desfrutamos do amor
do Pai e temos o nosso nome escrito no Livro da Vida. Em
Cristo seremos sempre mais que vitoriosos.

Sim, ainda que não tenhamos tudo que desejamos e que a sorte
pareça se afastar de nós, sempre nos alegraremos no Senhor.
Ele é a nossa alegria... a nossa grande alegria!

Pr. Paulo Roberto Barbosa