Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Conheça as 10 Medidas Contra a Corrupção

Imagem
(Propostas do Ministério Público Federal apoiadas pelos Ministérios Públicos de todo o Brasil)

Prevenção à corrupção, transparência e proteção à fonte de informação

Esta medida inclui a destinação de parte dos recursos de publicidade dos entes da Administração Pública (entre 10% e 20%) a programas de marketing voltados a estabelecer uma cultura de intolerância à corrupção e a conscientizar a população sobre os danos sociais e individuais causados por ela. Além disso, propõe o treinamento reiterado de todos os funcionários públicos em posturas e procedimentos contra a corrupção, o estabelecimento de códigos de ética claros e a realização de programas de conscientização e pesquisas em escolas e universidades. Para estimular denúncias de casos de corrupção, pretende-se garantir sigilo da testemunha. Por fim, propõe-se ainda, mecanismos que garantam a celeridade dos processos, sempre que seu trâmite demorar mais do que a duração razoável.


Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes…

Lauro Jardim: Três fatores que deixam o governo encrencado

Se o Congresso queria um respaldo das ruas para levar adiante o processo de impeachment, este foi dado ontem. Em várias capitais importantes, um público recorde entre as manifestações anti-Dilma que explodiram há um ano. E São Paulo deu o toque que faltava: nunca a maior cidade brasileira botou tanta gente nas ruas num dia de protesto.
O que interessa a deputados e senadores é exatamente o superlativo. Agora, já dá para os parlamentares repetirem que não há como ignorar números tão eloquentes. Era isso o que diziam em conversas entre eles, na semana passada. As ruas mostrariam o norte. Isso significa que a comissão do impeachment na Câmara, que, tudo indica, será instalada entre quarta-feira e quinta-feira por Eduardo Cunha, terá um caldo de cultura fabuloso para evoluir.
Há uma combinação de três fatores que colaboram para deixar o governo encrencado.
Primeiro, a depressão na economia não dá sinal de reversão. Muito pelo contrário, os agentes econômicos já jogaram a toalha a espera d…

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Imagem

Salário de vereadores de Caruaru vai subir para R$ 15 mil em 2017

Imagem
Os vereadores de Caruaru aprovaram na sessão de ontem o novo salário para os parlamentares que irão ser eleitos no pleito desse ano. Quem for eleito vai passar a receber em 2017 o salário de R$ 15 mil, num reajuste de cerca de 70% em relação ao atual salário. Os atuais vereadores de Caruaru recebem os subsídios de R$ 9 mil mensais.
Apenas duas sessões foram necessárias para votar o reajuste. O projeto foi apresentado na última quinta-feira (26/02) e votado na noite de ontem. Foram 20 votos a favor e apenas um contra, do vereador Marcelo Gomes (PSB). Faltaram na sessão os vereadores Demóstenes Veras (PROS) e Alecrim (PSD). Na legislatura anterior então presidente da Câmara, Lícius Cavalcanti (PCdoB), chegou a colocar em votação o reajuste para R$ 12 mil, mas que acabou sendo vetado, após muita pressão e uma sessão tumultuada com protesto de estudantes. Ainda hoje mais informações sobre o fato.
#Vergonha

Cresce a convocação pelas redes sociais para o ato do próximo dia 13

Imagem
Grupos que combatem o governo Dilma Rousseff estão se articulando pelas redes sociais para o protesto marcado para o próximo dia 13 nas principais cidades do país.
A idéia é realizar manifestações em pelo menos 160 cidades brasileiras, incluindo as capitais e o Distrito Federal.
Após o Ministério Público de São Paulo ter decidido convocar o ex-presidente Lula para dar explicações sobre o apartamento triplex de Gurujá e o sítio de Atibaiaiz, a expectativa da oposição é que os protestos contra o governo ganhem força no país inteiro.
“O juiz Sérgio Moro necessita do nosso apoio para poder continuar colocando os corruptos na cadeia. Dilma, Lula, Cunha e Renan são todos farinha do mesmo saco e vão fazer de tudo para escapar”, diz uma das mensagem que estão circulando através das redes sociais.
Já confirmaram presença nos protestos os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), José Serra (PSDB-SP) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) e os deputados federais Jair Bolsonaro (PP-RJ), Roberto Freire (PPS-SP) e Paulo…