quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NA PESSOA DE JESUS

 * O Espírito Santo renovou e vivificou, através dos séculos, a promessa de Deus de enviar o Messias (cf. Gn 3.15; 1 Pe 1.9-11).
 * O Espírito Santo operou ativamente na encarnação de Jesus (cf. Lc 1.35; Mt 1.20). 
 * O Espírito Santo guardou, por meio de uma divina revelação, a vida de Jesus quando Herodes queria matá-lo (cf. Mt 2.12). 
 * O Espírito Santo revelou a Simeão que Jesus era o Messias (cf. Lc 2.25-29). 
 * O Espírito Santo revestiu Jesus com poder para que exercesse o seu ministério (cf. Lc 3.22), selando-o (cf. Jo 6.27) e ungindo-o (cf. Lc 4.18). Guiando-o (cf. Lc 4.14) e operou maravilhas e sinais por meio dele (cf. Lc 5.17; 6.19; Mt 12.28). 
 * O Espírito Santo operou na vida de Jesus uma renúncia total (cf. Hb 9.14), dando-lhe força para, voluntariamente, se oferecer em sacrifício (cf. Ef 5.2). 
 * O Espírito Santo operou na ressurreição e ascensão de Jesus (cf. Rm 8.11; Ef 1.20). 


A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO MUNDO 
Falando de pecado, justiça e juízo 


E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo.
João 16:8 

PECADO
(Verso 9). Do pecado, porque não crêem em mim;. (literalmente errar o alvo). Pois o alvo da fé de todo homem deve ser Cristo Jesus e o cego (pecador) não enxerga a Jesus como o sacrifício perfeito que leva à redenção. O Espírito Santo fará com que o homem seja convencido dessa verdade. 
JUSTIÇA (o que é direito) Certo Gr. Dikaiosis. 
(verso 10). Da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; Ele falava de sua morte. Lendo Isaías 53:5 podemos entender que um preço mais do que justo seria pago, trazendo justiça sobre os homens. Leia Romanos 5:12 
JUIZO (A pena infligida) Condenação 
(verso 11). E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado. 
Quando aqueles que crucificaram Jesus viram que Deus não interferiu, imaginaram que o juízo de Deus fora pronunciado sobre Ele. Na verdade, outro estava sendo julgado ali, o próprio Satanás, o príncipe deste mundo. Satanás governa através do pecado e morte. O triunfo de Cristo sobre o pecado na cruz e sobre a morte na Ressurreição proclamou o momento em que Satanás fora julgado. A execução final do julgamento é apenas uma questão de tempo (ordem de prisão). 

O DISCÍPULOS ENTENDERAM? Não
Estas verdades foram entendidas imperfeitamente pelos discípulos, por isso, um maior esclarecimento lhes seria dado pelo ensino do próprio Consolador. Ele havia de guiá-los a toda a verdade (13).O Espírito não fala de si mesmo (cf. 5.19; 7.17 e segs.). Ele proclama e interpreta a significação de atos e acontecimentos que constituem a revelação final aos homens. Ele ensina na prática! 


Esta é parte da grande obra do Espírito Santo

Nenhum comentário:

Postar um comentário