Caruaru registra mais de 170 tremores de terra em um único dia

Um dos abalos chegou a 3.8 graus, classificado como terremoto fraco. Os eventos sísmicos foram sentidos até na Região Metropolitana do Recife



Na tarde dessa terça-feira (23), um abalo de magnitude 3.8 na escala Richter foi sentido em vários municípios da região Nordeste, especialmente no Agreste pernambucano. O epicentro do sismo foi registrado em São Caetano, a 150 km do Recife. 

De acordo com o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN), foram registrados na estação de Caruaru mais de 170 eventos sísmicos de pequena intensidade, imperceptíveis à população. O maior foi às 15h33, quando foi registrado um abalo de magnitude preliminar estimada em 3.8, sentido em diversos municípios do Agreste e na Região Metropolitana do Recife (RMR). 

Em nível mundial, o evento é classificado como terremoto fraco. Embora os abalos sejam comuns em Caruaru, os moradores se assustaram com o tremor. Manoel Cintra, que trabalha com confecções, disse que estava organizando as mercadorias quando sentiu o tremor. “Foi tão forte que pensei que uma parede estivesse caindo em algum lugar próximo”, comentou.

O maior abalo sísmico de Pernambuco ocorreu no dia 20 de maio de 2006, quando atingiu grau quatro na escala Richter. Em 20 de março de 2007, um outro tremor atingiu 3.9 graus. 

A Defesa Civil de Caruaru pôs a disposição da população o telefone 3701-1103, para esclarecer dúvidas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bragger - A doença das redes sociais.

O Mundo está em chamas, e o Brasil está doente! ”

Perdas E Ganhos