MP instaura inquérito para analisar conteúdo religioso na TV aberta

O procurador da República Sérgio Suiama, do Ministério Público do Rio de Janeiro, instaurou um inquérito para analisar a proliferação de conteúdo religioso veiculado na Band, Record, RedeTV!, TV Gazeta e CNT. O inquérito surge após a denúncia de um telespectador.

De acordo com a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, as emissoras Band e Record já responderam ao questionário enviado pelo procurador. No entanto Suiama solicitou novas informações.

A publicação informa que a RedeTV! pediu mais tempo para responder e a Gazeta ainda não enviou suas respostas. Como o MPF de São Paulo tem uma ação em andamento (de 2014) contra a CNT, a empresa foi excluída do inquérito.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bragger - A doença das redes sociais.

Perdas E Ganhos